Precificação de trabalho de engenharia: o que é considerado no valor?

Precificação de trabalho de engenharia: o que é considerado no valor?

Atualizado em 5 fevereiro, 2020
por Marcel Ribeiro

Ouça a versão em áudio deste artigo

Para saber o preço referente à prestação de serviço de engenharia deve-se considerar o tempo da hora técnica, o nível de complexidade do projeto, os recursos necessários e o tempo de contrato. A qualidade da execução dos serviços também é um fator que deve ser avaliado na hora de elaborar a precificação de trabalho de engenharia.

Os serviços de engenharia são uma necessidade para quem vai construir. Assim, o engenheiro deve saber como fazer a precificação de trabalho de engenharia referente aos serviços que presta . Dessa forma, o preço contém muitas variáveis, envolvendo oferta, demanda, formação técnica, gastos diretos e indiretos, questões subjetivas, etc.

O valor pago ao engenheiro deve ser incluído no custo da obra. É fundamental que o cliente saiba disso e que seja efetivada a precificação de trabalho de engenharia de forma justa. Caso o orçamento fornecido pela empresa esteja muito abaixo do mercado, isso gera desconfiança nos potenciais clientes. Caso o preço cobrado seja acima do mercado, e não seja oferecida uma justificativa fundamentada, os clientes também ficarão desconfiados.

Considerar o valor da hora técnica

Para calcular a hora técnica, o ideal é consultar o Instituto Brasileiro de Engenharia de Custos (IBEC). Esse instituto publica anualmente as tabelas de honorários profissionais. De forma a saber a hora técnica de todos os envolvidos, desde o cadista até o profissional master.

Para calcular a hora técnica do engenheiro, antes é preciso identificar os custos diretos. Após isso somá-los aos custos indiretos mais o valor da ART, do seguro de vida e do valor total dos tributos: 27,5% de IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física) e 5% de ISS (Imposto Sobre Serviços). Desse modo, chega-se ao valor de uma despesa mensal.

Para definir o valor da hora técnica, deve-se dividir os resultados de todas as despesas (incluindo os impostos citados) pela carga horária de um engenheiro que trabalha 7 horas ao dia por 20 dias úteis de um mês.

Analisar o tempo de duração do contrato

Um dos critérios a considerar na precificação de trabalho de engenharia é o tempo consumido na execução da obra. Isso porque há projetos pequenos, mas complexos que demandam um tempo maior que outros projetos maiores. Analisar o tempo gasto em certos serviços não é uma tarefa tão fácil — a experiência ajudará muito nessa questão.

Uma recomendação é fazer a precificação de trabalho considerando uma margem de segurança, evitando dessa forma atrasos na entrega do serviço. Assim, é fundamental visitar o local e descrever os quantitativos no memorial.

Definem-se assim os referenciais quantitativos, confirmando ainda se os valores são realmente justos. Deve ficar evidente, nessa etapa, qual é a metodologia de execução do projeto e se será usada de detalhes, é bom reunir os investidores, a empresa responsável pela obra e os fornecedores.

Avalie outros pontos que influenciam na precificação de trabalho de engenharia

Outros pontos que influenciam na precificação de trabalho de engenharia são:

  • análise de viabilidade da obra;
  • averiguação do tamanho do projeto;
  • análise das especificidades do projeto: quanto mais complexa a obra for, mais aumenta o valor da cobrança sobre o serviço que será feito;
  • possibilidade de cobrar por porcentagem de administração: uma prática muito comum em grandes centros urbanos, sendo 10% o valor médio cobrado;
  • formação especializada em determinada área: se o engenheiro presta serviço em um setor em que tem especialização, o preço tende a ser mais caro;
  • respeito aos preços cobrados no mercado: o preço não deve ficar muito abaixo ou muito acima dos preços praticados no mercado. Sendo o equilíbrio um requisito fundamental para garantir a satisfação do cliente e a valorização do profissional.

Conclusão

Para saber o preço referente à prestação de serviço de engenharia deve-se considerar alguns fatores. Como o tempo da hora técnica, o nível de complexidade do projeto, os recursos necessários e o tempo de contrato.

A qualidade da execução dos serviços também é um fator que deve ser avaliado na precificação de trabalho de engenharia.

É desejável que a empresa tenha boa reputação no mercado e mantenha-se competitiva, com uma boa imagem sobre o público.

Mantenha-se informado assinando a newsletter para receber conteúdo original diretamente em seu e-mail.

Gostou do assunto? Então deixe um comentário sobre ele ou sugerindo algum outro tema do seu interesse! Além disso, visite nosso blog para ter acesso a mais conteúdos como esse.

Marcel Ribeiro
Escrito por
Marcel Ribeiro
Engenheiro e cofundador do software Mais Controle.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja algumas postagens relacionadas

Saiba como o Mais Controle pode ajudar nas melhores decisões!