Aprenda como aplicar a gestão de custos para o controle de obras

Aprenda como aplicar a gestão de custos para o controle de obras

Atualizado em 3 novembro, 2020
por Marcel Ribeiro

Aplicar a gestão de custos para controle de obra depende de alguns aspectos, como um orçamento bem definido, tecnologias de monitoramento e processos claros. Boas práticas de gestão de custos podem trazer ganhos em produtividade e eficiência para a empresa.

Toda obra conta com recursos limitados como tempo, energia e dinheiro. Ao realizar o controle de obras, sobretudo a gestão de custos, os gastos diminuem e, consequentemente, você tem mais lucro.

Existem muitos motivos para a falta de controle, como por exemplo a ausência de planejamento. Dessa forma, também é possível destacar a falta de tecnologias dedicadas ao orçamento e ao monitoramento da obra. Por isso, identificar e eliminar esses problemas é uma das tarefas mais importantes.

Nos tópicos seguintes, ganhamos profundidade no tema. Explicamos como aplicar a gestão de custos para o controle de obras e quais as melhores práticas. Continue a leitura para saber mais!

Estimule o orçamento do seu projeto

Para aplicar a gestão de custos, o primeiro passo é ter clareza sobre o orçamento da obra. E assim, definir como ele será utilizado na medida em que a obra avança. Quando o prazo e o orçamento são desconhecidos, a tendência é que os recursos sejam usados de maneira incorreta.

Felizmente, há muitas formas de fazer o orçamento, como o uso de planilhas ou sistemas específicos para obras. Por isso, o ideal é contar com um sistema de gestão de obras mais integrado e em nuvem. Desse modo, será mais fácil definir o orçamento, acompanhar os gastos e compartilhar tudo com as partes interessadas na obra.

Controle cada centavo gasto

Outra dica importante é monitorar toda saída de caixa, justificando o motivo e a necessidade do gasto. Desse modo, cria-se compromisso com o orçamento, garantindo que gestores, engenheiros e encarregados se adequem aos custos inicialmente combinados.

Além disso, é preciso deixar bem claro que nenhum custo é pequeno demais que não deva ser considerado. É um erro acreditar que gastos menores não impactam no orçamento da obra. Pelo contrário! Eles se acumulam em contas maiores e mais complexas de monitorar.

Evite pequenas exceções à profissionais

Cuidar do orçamento da obra é um processo de vigília contínua. Membros da equipe querem gastar mais que o combinado, inclusive considerando adiantamentos para se repor depois. Ou mesmo fazer compras sem depois prestar contas de forma detalhada. Cuidado!

Evite pequenas exceções, visando manter o controle eficiente das obras. Do engenheiro chefe até o ajudante de obra, todos devem prestar contas dos valores gastos. No entanto, essa rigidez não deve ser confundida com desconfiança. É apenas um processo bem estruturado e que tem como finalidade melhorar a gestão da empresa de forma geral.

Melhore a gestão de obras com o Mais Controle

Utilize a tecnologia a seu favor

Por fim, não caia na armadilha de monitorar seu orçamento com blocos de anotações ou folhas soltas. A chance de dar errado é enorme, além da baixa segurança. Pode-se perder esses arquivos a qualquer momento, o que prejudicaria todo o seu controle.

Portanto, busque por um software específico para a gestão de obras e que conte com módulos de orçamento, gestão financeira e, especificamente, gestão do fluxo de caixa. Desse modo, haverá mais precisão e segurança no controle da obra e do orçamento disponível para execução.

Conclusão

A gestão de custos de obras começa em um bom orçamento e se desenvolve no controle dos gatos. É preciso ter pulso firme para evitar negociações que fujam do combinado inicial entre a empresa, os fornecedores e empreiteiros.

Veja, agora você está por dentro do assunto. Uma ótima tecnologia para controle de obras e gestão de custo é o Mais Controle, software de gestão online para construção civil. Ele conta com diversos módulos para administração e avanço da obra, garantindo que tudo seja feito com mais precisão, qualidade e velocidade.

Então, que tal entrar em contato conosco, conhecer mais da nossa solução e entender como ela pode ser adotada no seu empreendimento? Até a próxima!

Marcel Ribeiro
Escrito por
Marcel Ribeiro
Engenheiro e cofundador do software Mais Controle.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja algumas postagens relacionadas

Saiba como o Mais Controle pode ajudar nas melhores decisões!