Dúvidas com o orçamento de obra? Confira 4 passos para calcular

Dúvidas com o orçamento de obra? Confira 4 passos para calcular

por Marcel Ribeiro

Calcular o custo total para a execução de uma obra, ou um projeto, faz parte da rotina de todas as empresas da indústria da construção. Isso porque a partir dessa informação, é possível prever despesas, projetar rendimentos e gerenciar os gastos. Por isso, é necessário elaborar bons orçamentos de obras, ou serviços, na sua empresa e assim obter melhores resultados financeiros.

Após saber qual é a importância do orçamento de obra para o mercado da construção civil, a dúvida que fica é como calcular esse valor de maneira eficaz, certo?

Pensando nisso, este texto apresenta um passo a passo para descomplicar o orçamento de uma obra na sua empresa. Começando pela definição do memorial descritivo, listando os serviços necessários para a execução dos projetos, planejando custos de mobilização e desmobilização e investindo em tecnologia.

Continue a leitura!

planilha de relatório diário de obras gratis

1. Definir memorial descritivo do projeto

O memorial descritivo é um documento bastante usado em construtoras, empresas de serviços e empreiteiras. Nele são reunidas as informações sobre qual o tipo de obra, as técnicas construtivas, os responsáveis técnicos, as dimensões da obra, localização, projetos necessários, além de contratos e documentos de registros.

Assim, com informações definidas, é possível dimensionar o orçamento de custos de acordo com os critérios do projeto ou as necessidades da obra.

2. Listar todos os serviços necessários

Para calcular o custo total da obra, é preciso identificar todos os serviços necessários para realizar a construção. Serviços esses que vão desde a escavação de fundações até a estruturação de alvenaria, passando pela concretagem, revestimentos, elétrica e hidráulica. Nessa etapa, o gestor deve entender quais são os custos e despesas operacionais associados à prestação de cada serviço e definir o orçamento da obra.

3. Pensar nos custos de mobilização e desmobilização

Existe um custo próprio para transportar os equipamentos e o pessoal até o local onde será feita a obra, e isso deve ser considerado no orçamento. Esse custo é calculado a partir dos serviços de mobilização (deslocamento até a obra) e desmobilização (trânsito do trabalho para a residência ou galpão de armazenamento dos equipamentos).

Portanto, o custo de mobilização e desmobilização deve ser previsto durante  a elaboração do orçamento para não haver surpresas no fluxo de caixa da obra.

4. Pesquisar tecnologias para agilizar o processo

Atualmente, existem softwares que auxiliam na gestão de obras, calculando o custo da construção a partir de recursos e relatórios completos sobre o projeto.

É o caso do software da Mais Controle, que, além de organizar as finanças da empresa, agiliza o controle geral dos serviços na atividade. A solução lhe auxilia na elaboração dos orçamentos e ajuda a controlar a execução de várias obras simultâneas.

Com isso, você ganha assertividade para planejar e executar as obras, realizando a gestão da obra com praticidade. Consequentemente, sua empresa consegue ter mais precisão em orçamentos, além de diminuir gastos desnecessários, melhorando o resultado final das suas obras.

Os módulos do Mais Controle são integrados, o que possibilita que você tenha suas informações em um único lugar, facilitando a comunicação entre as equipes do canteiro de obras e do escritório.

Conclusão

Neste texto, você observou por que é tão importante fazer o orçamento de obra, a fim de planejar os gastos com a execução dos serviços. Por isso, é importante adotar uma cultura de gestão em pequenas empresas apostando na tecnologia para evitar erros e agilizar os processos.

Através da gestão eficiente dos orçamentos de obras é possível compreender o seu lucro em cada obra, facilitando o fechamento dos resultados. Além disso, com um software adequado a sua realidade, é possível visualizar relatórios e as informações mais importantes do seu negócio.

O que você espera para otimizar e deixar mais ágil a gestão e o planejamento de obras na sua empreiteira ou construtora? Conheça, agora, o software da Mais Controle e faça uma demonstração gratuita da nossa solução na sua empresa!

Marcel Ribeiro
Escrito por
Marcel Ribeiro
Engenheiro e cofundador do software Mais Controle.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja algumas postagens relacionadas

Saiba como o Mais Controle pode ajudar nas melhores decisões!