Segurança na construção: você sabe o que é APR?

Segurança na construção: você sabe o que é APR?

Um ambiente de trabalho seguro deve considerar os riscos que os trabalhadores serão expostos, bem como as maneiras de minimizar tais impactos. Um dos itens das medidas de segurança do trabalho que é preciso ter atenção é a Análise Preliminar de Riscos – APR.

Se você não sabe o que é APR, acompanhe este post, e conheça a importância dessa análise e como implantá-la em seus projetos. Boa leitura!

O que é APR

A Análise Preliminar de Riscos (APR) verifica os perigos associados às atividades que deverão ser executadas, bem como sistematiza as estratégias para reduzir e evitar as situações de risco em cada etapa do processo. A utilização desta técnica visa reduzir o número de acidentes de trabalho.

Essa verificação é um dos itens relativos à segurança do trabalho que têm como objetivo dirimir ou eliminar os riscos. De forma sistemática, a APR é organizada do seguinte modo:

  • identificação dos riscos;
  • levantamento de dados referentes às atividades e aos procedimentos;
  • planejamento da execução das atividades;
  • planejamento da estratégia para redução de riscos;
  • instrução dos colaboradores a respeito dos riscos e das medidas adotadas;
  • implementação das medidas cabíveis;
  • controle e gestão das práticas adotadas;
  • verificação da necessidade de atualizações na análise.

Qual é a importância da APR

A APR possibilita que os riscos sejam previstos e medidas sejam implantadas antes e durante a execução das atividades. As medidas de segurança devem ser adotadas para tornar o ambiente de trabalho mais seguro para os colaboradores e para evitar que a empresa sofra com multas, processos trabalhistas e outras sanções.

Quando os riscos são bem avaliados, o resultado é bastante positivo para empresa, isso pois quando os trabalhadores são bem instruídos sobre os potenciais riscos de determinadas atividades,  procuram utilizar os EPI’s de forma adequada e, assim, a chance de falhas e de acidentes diminui.

Tais medidas impactam, inclusive, em um menor número de CAT (Certidão de Acidente de Trabalho), pois os trabalhadores passarão a exercer suas funções de maneira mais planejada e respeitando as medidas cautelares.

Como elaborar e implantar a APR

A APR deve ser elaborada pelo Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT), setor responsável por elaborar o planejamento, instruir os colaboradores e implementar as medidas cautelares.

Os supervisores são encarregados de verificar o cumprimento das atividades, de guardar e de conservar a documentação da APR. Também cabe a eles notificar eventuais mudanças nas atividades para manter a análise sempre atualizada.

É importante ressaltar que a análise pode ser estabelecida em Obras que estejam em execução, bem como avaliar atividades já executadas. O procedimento é o mesmo e consiste em verificar as atividades executadas, os riscos associados a elas e as medidas de prevenção ou de redução das ameaças.

Agora que você já sabe o que é APR, sua importância e a maneira sistemática de elaborar tal documento, coloque-a em prática na sua empresa e proteja os seus colaboradores! Eles certamente trabalharão mais confiantes se souberem que estão livres de alguns perigos.

Quer saber mais sobre medidas de segurança do trabalho, questões do mundo empresarial e de gestão na construção civil? Assine a nossa newsletter para receber os materiais em primeira mão e melhorar sua rotina de trabalho!


Guilherme Junqueira
Guilherme Junqueira
Administrador de empresas, apaixonado por gestão, finanças e construção civil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *