9 dicas de como melhorar a gestão da sua empreiteira

9 dicas de como melhorar a gestão da sua empreiteira

Atualizado em 18 janeiro, 2017
por Marcel Ribeiro

A melhoria da gestão de Empreiteiras acontece a partir do conhecimento do mercado e das boas práticas de planejamento, controle e gestão de obras. É preciso estabelecer metas, estar atento aos retrabalhos e contar com a ajuda de um software para se ter uma equipe produtiva.

Ao melhorar o gerenciamento das obras, a sua empreiteira pode sair na frente dos seus concorrentes e oferecer um serviço de maior qualidade, melhorando seus resultados e sua solidez no mercado.

Para obter essa performance, porém, é necessário colocar algumas ações em prática. É primordial realizar um orçamento de custos junto com cronograma físico-financeiro e acompanhar a obra com uma ferramenta que integre o orçamento com o controle financeiro. Assim você terá relatórios para auxiliar na tomada de decisão e conhecerá os gargalos de cada etapa do seu processo construtivo.

Para lhe ajudar com isso, veremos neste post 9 dicas fundamentais para otimizar a gestão de empreiteiras. Continue lendo e confira!

Conheça o Mais Controle

1. Conheça bem o mercado e os seus clientes

O mercado econômico é sazonal e prega peças em muitos empreendedores do ramo da construção civil. Para não ser um deles, você deve criar estratégias para se manter durante os períodos de baixa demanda, como descontos e condições especiais de pagamento.

Também é importante fazer um diagnóstico preciso da situação e encontrar oportunidades, riscos e ameaças. Assim, fica mais fácil tomar decisões melhores.

O mercado e o cliente

Antes de planejar qualquer ação ou novo empreendimento, é essencial entender o que as pessoas envolvidas esperam dele. Então, veja como anda o mercado local e compreenda quais são as suas demandas e preferências.

Dialogue com seus consumidores e receba um feedback da qualidade das atividades realizadas pela sua empresa. Analisando esses comentários, sejam eles positivos ou negativos, você consegue uma base sólida para melhorar sua estrutura organizacional.

A análise de tendência

Além de entender a sua situação atual, é fundamental se preparar também para o que virá. Assim, por meio de uma análise de tendência, busque conhecer os comportamentos de consumo e as preferências futuras mais prováveis.

Você pode ficar por dentro do que está acontecendo em outros lugares por meio de revistas especializadas, portais e blogs do seu segmento. De posse dessas informações, você poderá adequar a sua gestão de empreiteiras às novas demandas.

2. Estabeleça metas

Uma empreiteira necessita de metas e objetivos para nortear a gestão de empreiteiras. Para alcançá-las, estabeleça métricas a serem apuradas, tais como o nível de satisfação dos clientes, a entrega dentro do prazo e a qualidade dos seus serviços. Quanto melhor for esse acompanhamento, maiores são as chances de se antever e resolver problemas, bem como de obter a máxima performance.

Quanto ao seu time, crie um sistema de recompensas para os trabalhadores à medida que as metas estipuladas forem sendo alcançadas. Essa prática mostra que todos são necessários para o sucesso do negócio — o que aumenta a produtividade da empresa e beneficia os seus colaboradores.

Melhore a gestão de obras com o Mais Controle

3. Monte um bom planejamento

Essa importância das metas está diretamente ligada a uma recomendação essencial: faça um bom planejamento. Afinal, somente por meio de visualização completa do cenário atual é que é possível utilizar os seus recursos da melhor maneira, aproveitando oportunidades e se diferenciando no mercado.

Esse planejamento deve contar todas as ações para o ano, como lançamentos, promoções, contratações e investimentos, mas também é possível elaborar outros para períodos menores, como um semestre ou trimestre. Além disso, deve haver um planejamento específico para cada obra ou serviço realizado.

Assim, elaborando um cronograma físico-financeiro e tendo metas bem direcionadas, fica mais fácil se posicionar e entender previamente o comportamento do seu fluxo de caixa durante cada mês.

4. Fique atento ao consumo de materiais

Faça o controle de todos os materiais que chegam à sua obra e lembre-se de apropriá-los corretamente em seu sistema de controle de obras. É fundamental manter o cadastro do seu estoque atualizado e saber quais materiais e quantidades que foram utilizados em cada etapa e serviço na sua obra.

Fique atento também ao modo como esses componentes são utilizados, para evitar desperdícios e garantir que apenas o que é necessário seja empregado (falaremos mais disso no tópico seguinte).

Sempre que for fazer um orçamento, tenha como base o registro referente aos insumos nas obras anteriores, pois isso ajudará a executar cálculos mais precisos. É importante possuir uma ferramenta que forneça o quantitativo de materiais de acordo com a quantidade de determinado serviço que você orçou em seu planejamento de obra.

Por fim, utilizar materiais sustentáveis também pode ser uma boa opção para quem quiser inovar. Dessa forma, os seus clientes perceberão o quanto a sua empresa se preocupa com a preservação do meio ambiente.

5. Previna o desperdício

Como dissemos, é essencial impedir que ocorram desperdícios — seja de recursos e materiais, seja de tempo ou esforço. Afinal, tudo o que é usado a mais ou de forma desnecessária onera a empreiteira, diminui a lucratividade do projeto e coloca o seu orçamento em risco.

Faça sempre o cálculo correto dos materiais e garanta que eles sejam utilizados com máxima eficiência. Com uma ferramenta que controle suas notas fiscais automaticamente, você terá o histórico de materiais apropriados para cada etapa da obra. Já relatórios do tipo Planejado Vs. Executado, te ajudarão a enxergar se você está caminhando na direção de maior lucratividade.

É importante, também, manter a limpeza dos canteiros de obras, de modo a evitar desorganização e perda de materiais. Assim você mostrará organização e um bom gerenciamento para os seus clientes.

6. Evite o retrabalho

Alguns donos de empreiteiras não dão a importância necessária para esse assunto, mas o retrabalho é altamente prejudicial no processo construtivo. Repetir processos sem necessidade, além de consumir mais insumos da construção civil, pode fazer com que outras frentes de trabalho sejam impactadas.

Imagine, por exemplo, ter que parar as equipes de revestimento, pintura, hidráulica e elétrica apenas porque uma parede não foi executada como planejado. Esse incidente põe em risco todo o cronograma estabelecido, e deve ser evitado a todo custo.

Para evitar esse tipo de situação, invista na capacitação da sua mão de obra e elogie os funcionários quando o serviço for bem-feito. Também, facilite a comunicação entre eles, para que possam sempre tirar eventuais dúvidas em relação às atividades de trabalho.

E aqui, novamente, a análise de desempenho é importante. Com um bom acompanhamento, dá para verificar esse índice e compreender se é necessário fazer alguma mudança ou melhoria.

7. Monte equipes de forma eficiente

Sem dúvida, um dos maiores trunfos de uma empreiteira é o seu capital humano. Poder contar com profissionais capacitados faz toda a diferença para se destacar no mercado e chegar a um desempenho ampliado. Por isso, não abra mão de montar bons times!

Na hora da contratação, escolha profissionais que tenham os conhecimentos e qualidades necessárias para o seu ambiente de trabalho. Depois, realize um treinamento completo, para garantir sua atuação ideal no empreendimento. Já no cotidiano do trabalho, não se esqueça de fazer reciclagens e novas capacitações, além de criar times com boas lideranças e atuação consistente. Assim, é possível aproveitar o máximo do seu potencial.

8. Use um software de gestão de Empreiteiras

Os processos existentes em uma empreiteira se tornam cada vez mais complexos com o passar do tempo. Afinal, a quantidade de informações que ali circulam não para de crescer — o que pode dificultar a vida do empresário, caso ele não se prepare.

Diante disso, um software de gestão pode ser a solução para os seus problemas administrativos. Essa tecnologia traz diversas melhorias para a gestão de empreiteiras, entre as quais podemos citar:

  • otimiza a visão sobre suas as obras e serviços, já que permite acompanhar instantaneamente o andamento das atividades realizadas;
  • reúne em um só lugar todos os contatos de fornecedores, clientes e funcionários;
  • mostra a composição de custos e a produtividade da sua equipe;
  • indica quais são as contas a receber e a pagar;
  • fornece gráficos e relatórios para que você possa ver a saúde financeira da sua empresa.

9. Busque sempre a inovação

Não há dúvida: para se manter sempre relevante no mercado da indústria 4.0, é fundamental oferecer o que os seus concorrentes não têm. A inovação é cada vez mais importante no ramo de construção civil, portanto, deve fazer parte da realidade da sua empreiteira também.

Quanto a isso, busque novos materiais e métodos construtivos, além de manter em dia a implementação de tecnologia. A automação, por exemplo, já é algo a ser incorporado no que for possível em seu empreendimento.

Conclusão

Vimos através deste artigo que para melhorar a gestão de uma Empreiteira é preciso aliar os conhecimentos de mercado às boas práticas de planejamento, controle e gestão de obras. É importante estabelecer metas e estar atento aos retrabalhos. 

Uma dica importante que foi data, é contar com a ajuda de um software de gestão para manter as informações integradas e organizadas. Dessa forma será possível ter uma equipe e processos mais produtivos na empresa.

Enfim, com todas estas dicas, a gestão de empreiteiras promete se tornar relevante e gerar resultados melhores! Lembre-se: com boas práticas de gerenciamento de obras e ferramentas integradas, a sua chance de se desenvolver com consistência no mercado é sempre mais alta.

Agora, se gostou da leitura e quer continuar por dentro das próximas recomendações, assine a nossa newsletter!


Marcel Ribeiro
Escrito por
Marcel Ribeiro
Engenheiro e cofundador do software Mais Controle.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja algumas postagens relacionadas

Saiba como o Mais Controle pode ajudar nas melhores decisões!