Engenharia moderna: as 5 maiores construções do mundo

Engenharia moderna: as 5 maiores construções do mundo

Não é novidade que a engenharia busca, cada vez mais, vencer os limites que a física e a natureza nos impõem, não é mesmo? Existem diversas estruturas pelo mundo capazes de mostrar o quão longe podemos ir, ainda que pareça impossível.

Pensando nisso, selecionamos esta lista com as 5 maiores construções do mundo! Aqui você conhecerá algumas das estruturas mais incríveis que o homem foi capaz de criar. Continue lendo e confira!

1. Burj Khalifa, Dubai

É impossível falar sobre as maiores construções do mundo e não mencionar o maior arranha-céu do planeta!

Com 160 andares e cerca de 828 metros de altura, o Burj Khalifa teve seu projeto iniciado em 2004, sendo inaugurado apenas 6 anos mais tarde. Seu orçamento custou em torno de 1,5 bilhão de dólares — o metro quadrado de um escritório no edifício custa 43 mil dólares!

Uma bomba de alta pressão (a BSA 14000 SHP-D) foi desenvolvida por uma empresa alemã só para a construção dessa edificação, que teve como estrutura primária o concreto reforçado. Foram utilizadas mais de 110 mil toneladas de material para a execução desse arranha-céu, com 192 estacas de 43 m de profundidade! Incrível, não é mesmo?

Burj Khalifa Dubai

2. Palm Islands, Dubai

O plano era que a conclusão desse projeto, que foi iniciado em 2001, acontecesse entre 2011 e 2016. No entanto, em 2006 alguns proprietários já estavam se mudando para a ilha e, em 2009, ela já estava funcionando totalmente. Prova de que a engenharia pode vencer limites.

Essas ilhas foram construídas a partir de um processo chamado de dragagem. Em melhores detalhes: as dragas (tipo de embarcação) retiravam a areia do fundo do mar e a depositavam em camadas até uma altura específica — cuidadosamente calculada, inclusive quanto à sua posição. Depois, foram sobrepostas pedras e rochas grandes.

No entanto, para não ocorrer uma liquefação — devido a terremotos, por exemplo —, a ilha precisou ser compactada. Dessa forma, ela garante maior estabilidade do solo, evitando que seja destruída com o tempo.

Palm Island Dubai

3. Ponte de Oresund, Dinamarca e Suécia

A famosa ponte de 16 km de comprimento, inaugurada em 2000, liga um dos principais pontos da Europa: entre a Dinamarca e Suécia. Com um orçamento de, aproximadamente, 1,5 bilhão de dólares, ela foi projetada para minimizar as adversas condições climáticas da região, que sofre baixas temperaturas, alta salinidade e possíveis colisões com pedras de gelo.

No entanto, o que a faz ser incrivelmente diferente das demais é que ela se transforma em um túnel, que passa, literalmente, debaixo das águas do mar! Esse túnel foi construído na Espanha e dividido em 20 partes, que foram transportadas até o local por navios.

Ponte de Oresund, Dinamarca e Suécia

4. Canal do Panamá, América Central

Sem dúvida, o Canal do Panamá é uma das construções mais importantes para todo o mundo. Isso porque ele permite que viagens do Oceano Atlântico para o Pacífico sejam feitas em até 10 horas, em vez de 2 semanas!

A mecânica do canal funciona de forma simples: eclusas paralelas se fecham em torno da embarcação. Então, a área é esvaziada ou preenchida até alcançar o nível desejado, funcionando como uma espécie de elevador.

Canal Panama

5. Aeroporto Internacional de Kansai, Japão

Construído sobre uma ilha artificial com cerca de 1,7 km², o aeroporto conta com um sistema antissísmico que funciona por meio de macacos hidráulicos. Ou seja: uma estrutura capaz de absorver os impactos causados por possíveis terremotos.

Inaugurado em 1994, o aeroporto permite acesso até mesmo por meio de trens — e, por incrível que pareça, essa obra durou apenas 38 meses! Mas foram necessários cerca de mil estacas atravessando 30, 20 e 40 metros de água, areia e rochas, respectivamente.

Aeroporto Internacional de Kansai Japão

Enfim, essas são apenas algumas das maiores construções do mundo! Ainda assim, podemos perceber o quanto a engenharia desafia a natureza, mostrando que alguns limites podem, sim, ser vencidos!

Então, gostou deste post? Aproveite agora para conhecer as novidades na construção civil para este ano de 2018!


Guilherme Junqueira
Guilherme Junqueira
Administrador de empresas, apaixonado por gestão, finanças e construção civil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *