Engenharia moderna: as 5 maiores construções do mundo

Engenharia moderna: as 5 maiores construções do mundo

por Guilherme Junqueira

A engenharia está sempre se desafiando para vencer os limites que a física e a natureza nos impõem. Existem diversas estruturas pelo mundo capazes de mostrar o quão longe podemos ir, ainda que pareça impossível.

Para te inspirar, selecionamos esta lista com as 5 maiores construções do mundo! Viaje conosco através deste post e conheça algumas das estruturas mais incríveis criadas pelo homem.

1. Burj Khalifa, Dubai

É impossível falar sobre as maiores construções do mundo e não mencionar o maior arranha-céu do planeta!

Com 160 andares e cerca de 828 metros de altura, o Burj Khalifa teve seu projeto iniciado em 2004. No entanto, sua inauguração ocorreu apenas 6 anos mais tarde.

Seu custo total ficou em torno de 1,5 bilhão de dólares. Como resultado, o metro quadrado de um escritório no edifício custa 43 mil dólares!

Uma bomba de alta pressão (a BSA 14000 SHP-D) foi desenvolvida por uma empresa alemã só para a construção dessa edificação. Além disso,  o Burj Kahlifa possui estrutura primária o concreto reforçado. Foram utilizadas mais de 110 mil toneladas de material para a execução desse arranha-céu, com 192 estacas de 43 m de profundidade! Incrível, não é mesmo?

Burj Khalifa Dubai

2. Palm Islands, Dubai

Iniciado em 2001, as expectativas eram de que o projeto fosse concluído entre 2011 e 2016. No entanto, em 2006 alguns proprietários começaram a se mudar para a ilha. E, em 2009, ela já estava funcionando totalmente. Prova de que a engenharia pode vencer limites.

As ilhas foram construídas a partir de um processo chamado de dragagem. Em melhores detalhes: as dragas (tipo de embarcação) retiravam a areia do fundo do mar e a depositavam em camadas até uma altura específica — cuidadosamente calculada, inclusive quanto à sua posição. Depois, foram sobrepostas pedras e rochas grandes.

No entanto, para não ocorrer uma liquefação — devido a terremotos, por exemplo —, a ilha precisou ser compactada. Dessa forma, ela garante maior estabilidade do solo, evitando que seja destruída com o tempo.

Palm Island Dubai

3. Ponte de Oresund, Dinamarca e Suécia

A famosa ponte de 16 km de comprimento, inaugurada em 2000. Ela liga um dos principais pontos da Europa: entre a Dinamarca e Suécia.

Com um orçamento de, aproximadamente, 1,5 bilhão de dólares, ela foi projetada para minimizar as adversas condições climáticas da região, que sofre baixas temperaturas, alta salinidade e possíveis colisões com pedras de gelo.

No entanto, o que a faz ser incrivelmente diferente das demais é que ela se transforma em um túnel, que passa debaixo das águas do mar! Esse túnel foi construído na Espanha e dividido em 20 partes, que foram transportadas até o local por navios.

Ponte de Oresund, Dinamarca e Suécia

4. Canal do Panamá, América Central

Sem dúvida, o Canal do Panamá é uma das construções mais importantes para todo o mundo. Isso porque ele permite que viagens do Oceano Atlântico para o Pacífico sejam feitas em até 10 horas, em vez de 2 semanas!

A mecânica do canal funciona de forma simples: eclusas paralelas se fecham em torno da embarcação. Então, a área é esvaziada ou preenchida até alcançar o nível desejado, funcionando como uma espécie de elevador.

Canal Panama

5. Aeroporto Internacional de Kansai, Japão

O aeroporto foi construído sobre uma ilha artificial com cerca de 1,7 km². Por causa de sua localização, ele conta com um sistema antissísmico que funciona por meio de macacos hidráulicos. Ou seja: uma estrutura capaz de absorver os impactos causados por possíveis terremotos.

Inaugurado em 1994, o aeroporto permite acesso até mesmo por meio de trens. E, por incrível que pareça, essa obra durou apenas 38 meses! Mas foram necessários cerca de mil estacas atravessando 30, 20 e 40 metros de água, areia e rochas, respectivamente.

Aeroporto Internacional de Kansai Japão

Enfim, essas são apenas algumas das maiores construções do mundo! Ainda assim, podemos perceber o quanto a engenharia desafia a natureza, mostrando que alguns limites podem, sim, ser vencidos.

Conhece mais alguma obra que mereça destaque? Compartilhe com a gente nos comentários deste post.

Então, gostou deste post? Navegue pelo nosso blog e acompanhe as novidades da construção civil!


Guilherme Junqueira
Escrito por
Guilherme Junqueira
Administrador apaixonado por Gestão e Construção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja algumas postagens relacionadas

Saiba como o Mais Controle pode ajudar nas melhores decisões!